Editor: Luiz Aparecido da Silva
 
 
Anúncios
Expediente
Email / Contato

01-11-2017
Ariel e Rafael Barranco, pai e filho na Cascavel de Ouro 2017
 Victor Lara 
Ariel, vice-camepão da Cascavel de Ouro em 1988, dividida a pilotagem do Gol 7 com o filho Rafael
 

A dupla curitibana Ariel Barranco/Rafael Barranco (Barranco Ferro e Aço), pai e filho, vão participam juntos da 31ª edição da Cascavel de Ouro, que será realizada no próximo fim de semana, no Autódromo Zilmar Beux, no Oeste do Paraná, pilotando o Gol nº 7. A tradicional prova do calendário paranaense e brasileiro, que completa 50 anos de história, já tem 56 carros e 121 pilotos confirmados, de vários estados do Brasil, recorde absoluto para a corrida de longa duração que premiará vencedores com R$ 100 mil. A largada está prevista para as 13 horas de domingo, com transmissão ao vivo pela BandSports.
O experiente piloto Ariel Barranco (Barranco Ferro e Aço) iniciou sua carreira em 1978 no Curitibano de Kart, onde conquistou muitas vitórias. Correu no Paranaense de Velocidade na Terra, Paranaense de Endurance e participou de provas de longa duração. Em 1990 venceu as 300 Milhas de Curitiba, formando dupla com Ângelo Giombelli, com quem venceu ainda as 6 Horas de Curitiba em 1991. No ano de 1992, venceu as 500 Milhas de Londrina, em dupla com Javier Perez. Mas certamente a que teve sabor especial para Ariel Barranco, foi as 6 Horas de Curitiba de 1994, quando venceu dividindo a pilotagem com seu pai Altair Barranco e Carlos Alves. Em 1995 foi campeão brasileiro da Stock Car, Classe B. Foi campeão paulista da Força Livre em 2005 e atuou na Stock Car V8 Light de 2005 a 2007. Na Cascavel de Ouro, Ariel Barranco foi segundo colocado em 1988, pilotando um Passat, e ficou na sexta posição em 1989, a bordo de um Opala e certamente trará toda essa experiência para a prova deste ano.
Já o estreante da Cascavel de Ouro, Rafael Barranco (Barranco Ferro e Aço), também iniciou sua carreira de piloto no Kart, onde foi campeão do Metropolitano de Kart de Curitiba e teve três participações no Brasileiro de Kart. Passou a competir no Metropolitano de Curitiba e Paranaense de Velocidade no Asfalto em 2015, ficando em sexto lugar na Turismo B. Em 2016, foi campeão de Metropolitano de Curitiba, na Turismo B, e, vice-campeão do Paranaense de Velocidade no Asfalto, na Turismo. Na temporada 2017 está vindo com tudo, pois já conquistou o título do Paranaense de Velocidade e do Metropolitano de Curitiba, por antecipação, ambas na Marcas B. “Nossa dupla alia a juventude e velocidade do Rafael, com a técnica e experiência minha. Temos tudo para fazer uma grande prova, mas o mais importante será dividir a “tocada” de uma prova de longa duração com o meu filho, assim como fiz com o meu pai. Queremos subir no pódio dessa prova festiva, se possível a vitória seria ótimo”, declarou Ariel Barranco.

PROGRAMAÇÃO DA PROVA - A programação oficial da 31ª edição da Cascavel de Ouro começa na sexta-feira, com quatro treinos livres para os Grupos 1 e 2, e dois treinos livres da Old Stock Race. No sábado, será realizado mais um treino livre dos Grupos 1 e 2, e da Old Stock Race. Das 10h55 às 11h15, Tomada de Tempo do Grupo 1 (Piloto 1); das 11h20 às 11h40, Tomada de Tempo do Grupo 2 (Piloto 1); das 11h45 às 12h15, Tomada de Tempo da Old Stock Race; das 12h20 às 12h40 Tomada de Tempo do Grupo 1 (Piloto 2); das 12h45 às 13h05 Tomada de Tempo do Grupo 2 (Piloto 2). Às 14h40 larga a 1.ª Prova da Old Stock Race, para 30 minutos + 1 volta. E às 15h40 larga a Prova Classificatória, com 40 minutos de duração. E no domingo (5/11), das 9 às 9h50, warm up da Cascavel de Ouro; às 11 horas larga a 2.ª Prova da Old Stock Race, ara 30 minutos + 1 volta; e às 12h45 largada da 31.ª Cascavel de Ouro, para 180 minutos + 1 volta. O pódio da Cascavel de Ouro está marcado para as 16 horas.

>> voltar